24 de nov de 2014

"E tudo o que fizerdes, seja em palavras, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai." - Colossenses 2; 17

17 de nov de 2014

Circuito Fechado Luísa Bortolosi

[segunda-feira, terça-feira, quarta-feira, quinta-feira, sexta-feira, sabado, domingo]

     Cama, celular, chinelo, banheiro, banho, escova, dente, cabelo, roupa, conversa, oração, carro, rua, escola, whatsapp, amigos, aulas, sinal, lanche, aulas, professores, conversa, risada, sinal, saída, rua, casa, almoço.
     Louça, rua, casa, descanso, lição, banheiro, banho, secador, carro, rua, escola, irmã, ajuda, dever, conversa, risada, televisão, café
     Whatstapp, grupos, risada, estudo, janta, televisão, banheiro, escova, dente, chinelo, oração, cama.
__________________________________________________
O circuito fechado é um texto com característica predominantemente descritiva.

Texto produzido nas aulas de Técnica de Redação, sob a orientação do Prof. Esp. Flávio dos Santos.

4 de nov de 2014

Brasil e Suas Boas Intenções

No início dos anos 80 o Brasil sofreu a abertura política,
Mesmo sendo ela “lenta, gradual e segura”,
Nome dado ao desespero dos militares ao saber o resultado da balística.
Ao longo da década de 80, conhecida como década perdida...
A economia, o crescimento e desenvolvimento ficaram estagnados,
E ainda terminou-se com uma hiperinflação.
Cansados criaram as “Diretas Já” em busca de eleição.
Compareceram intelectuais, artistas, sacristões, partidos políticos, até subordinados.

A bandeira procurava a redemocratização,
Procurando a participação da sociedade civil,
Tancredo morreu em Abril,
Sarney entrou, não podemos culpar a civilização.

Para cortar a inflação criaram o Plano Cruzado, Plano Bresser e Plano Verão,
Mas nada funcionou para a sustentação do Itamar e do Fernando Henrique,

Em 1988 o Collor chegou ao poder ganhando do Lula
Frustrou as expectativas e sofreu o impeachment em um pisque
No final da década de 80 nem o Brasil e nem o mundo eram os mesmos.
Acabará a Guerra Fria e se desenvolverá um novo modelo neoliberal.
Nos anos seguintes o Brasil foi ao progresso,
Com a abertura economia em processo.

Mas tudo isso foi antigamente, passado temporal.
Lutavam juntos.
Hoje a luta é outra, sem inimigos públicos... Só públicos inimigos.
Hoje, PSDB não conjectura com PT, mas disso a gente já tá cansado.
O negócio é olhar para o passado e ter fé no futuro.

Aguardar dias melhores e usar política como porto seguro.

Sociologia Tendenciosa

Confesso professora que estou cansada, mas esclareço, de política eu não me canso, o que me cansa e desgasta é esse assunto de corrupção (não me entenda mal, eu não sou omissa ou desinteressada). A democracia republicana é brilhante, de fato poder escolher quem te representa é maravilhoso, digno e libertador (no caso do Brasil, por causa dessa democracia obrigatória é impossível não se envolver com política). Pensando bem, no final só temos esse toque democrático em nossas vidas, afinal as coisas que te representam como um tudo você não escolhe (querendo você ou não), como por exemplo, família, aparência, sociedade, entre outros deuses que moldam a representação humana. Mas a corrupção e a omissão humana (de gente estagnada e acomodada) tiraram o brilho e a majestade do poder de exercer a liberdade de expressão ao escolher um líder.


A omissão desse povo desinteressado gera milhares de consequências, para o Brasil no caso gera as situações deploráveis que se encontram na saúde, educação e segurança. Ao não buscarem conhecimento sobre as obras do político a ser escolhido, acabam elegendo qualquer animal, em alguns casos, literalmente. E isso prejudica a sociedade como um todo, um eleitor omisso gera eleitos corruptos. Lógico que toda essa omissão vem de algum lugar, tirando a “elite branca” que escolhe se esconder por milhares de motivos (entre eles por não querem escolher entre o “sujo e o mal lavado”, outros por não enxergarem de fato que são prejudicados e ainda outras questões que não justificam nada,  apenas mostram a banalidade humana), existem aqueles que fazem parte do ciclo vicioso da burrice gerada por má formação escolar, onde o eleitor por inocência (gerada por falta de informação ou mentiras) escolhe um político bem afeiçoado e esse político não investe em educação e investe em coleiras, como as bolsas que sustentam esse país, mais uma vez não me entenda mal, eu não sou contra, acho ainda de grande genialidade os auxílios dados, mas o governo viu o quão bom era ver a população grata e satisfeita e fizeram disso moeda de troca e motivo de acomodação, mas também não podemos esquecer daquele eleitor, que sim, mama no governo, escolhendo os auxílios para não ter que virar auxiliar. A verdade é que todos são corruptos, eleitos e eleitores. Por fim, dentre mil consequências que o desinteresse humano pela política pode gerar, o que mais me assusta (e prejudica) é o ciclo da burrice, parafraseando Maquiavel, quando se ama o cativeiro não se vê motivos para sair dele.

Ossos do Ofício

Há quem diga que essa ideia é boa,
Mas imagine só, os presídios já estão lotados,
De gente e indigente , image com mais adolescente...
Quanto mais cedo for preso
Mais cedo começa a matar,
Matas a esperança das... As pessoas.

Formarão menores aprendizes na cadeia,
Que mais cedo estarão seguindo os ossos do ofício
Se aos 16 são presos
Aos 14 já darão motivos para isso.

"O sistema "ama" tanto o adolescente
Que o permite roubar, matar e andar... andar livremente."

Bom, se prederem mais cedo
Aquele jovem que aprendeu a roubar na rua,
Aprenderá a matar na cadeia.

Os criminosos escolhem os de 16
Pelo mesmo motivo que escolherão o de 14.
Caso a Maioridade Penal seja 10 anos
Os chefões do crime escolherão os de 8 anos.

Século XXI matou a infância,
A infância morta ta matando gente.

25 de out de 2014

Somos Nós A Solução

  Devido ao crescimento desordenado e acelerado pós introdução da industrialização os centros urbanos têm enfrentado problemas seríssimos com poluições (sejam elas visuais, sonaras e químicas), violência e o caos que é o trânsito nessas cidades.
  Por causa do êxodo rual ocorreu a superpopulação que mais tarde originou o trânsito atual, que além dos malefícios causados pela poluição existem aqueles causados pela mente cansada e estressada.
  As alternativas para fugir desse quadro lamentável são diversas, mas para isso precisa-se de incentivo governamental e conscientização pública.
  O trasporte público seria uma excelente saída, entretanto a falta de zelo municipal e estadual descartam a valorização dessa solução, tornando assim, as bicicleta a proposta mais adequada, sendo ela mais econômica que os carros e motos, não poluente e de fácil mobilidade.
  Há quem diga que as bicicletas não seriam boa escolha, pois não percorre longas distâncias com facilidade, mas a idade não é substituir o carro em todas as circunstâncias e sim diminuir o tráfego intenso.
  Concluindo então, que sem mobilização publica e incentivo governamental não haverá solução qualquer, pois até as bicicletas precisam de seu espaço estipulado pelo governo, contudo ela se encaixa melhor dentre outras soluções para o problema em questão.

Redação Unimonte - Vestibular Tradicional - 2014

11 de set de 2014

Amando o Criador

           O homem tem tratado a natureza de um modo tão hostil! Essa Nova Era contaminada por pessoas presunçosas que esqueceram a importância da Terra e de tudo que nela habita. E todo esse tratamento personalizado, negativamente, apenas caracteriza a distância do coração do homem em relação ao oração de Deus.
           "No princípio, criou Deus os céus e a terra." Genesis 1;1. Antes mesmo do ego e individualismo humano de desenvolverem , Deus havia criado tudo com seu altruísmo Celestial, e o mais importante, Ele amou! Deus amou a sua criação. "Viu Deus tudo o quanto fizera, e eis que era MUITO bom..." Genesis 1;31.
           Deus nos deu a criação que Ele tanto amou e simplesmente com o tempo esquecemos da perfeição que vive ao nosso redor e destruímos usando a Queda como justificativa pecaminosa.
           A prova de que o homem se afastou de Deus é a falta de cuidados com o presente do Pai; esquecemos da ligação Pai e Filho. O homem se igualou ás criaturas que Deus havia lhe dado mantendo a sua superioridade banal.
           O Criador amou tato o que fizera que deus a sua criação perfeita para a criatura que Ele mais amou, nós, estabelecendo um vínculo chamando-nos de filhos.
           Então Deus criou tudo e nos amou tanto que nos considerou filhos e retribuímos como? A verdade é, que se não conseguimos zelar pelo presente dado pelo nosso Criador, como zelaremos pelo amor dado pelo Pai? No final, todos vivem preocupados com a qualidade do ar, da água e dos recursos, mas ninguém percebe que a solução é simples, amar. Ame as criaturas e ao Criador.

           A dissertação é um gênero textual com características predominantemente Dissertativas.

          Texto produzido nas aulas de Técnica de Redação, sob a orientação do Prof. Esp. Flávio dos Santos.

          De acordo com o Minidicionário "Soares Amora" (2010, p.231), Dissertação significa exposição desenvolvida de um ponto de vista doutrinário.

FONTE:
AMORA, Augusto Soares. "Minidicionário Soares Amora." 19 ed. Saraiva. São Paulo, 2009.